A falta de controle financeiro pode ser fatal para uma empresa
escrito pelo palestrante Lucas Coelho

 

Administrar uma empresa requer um grande controle financeiro. Mas, infelizmente, grande parte dos pequenos e médios empresários não fazem o controle financeiro de forma correta. Gestão financeira não é apenas pagamento e recebimento de contas – isso não representa 1% do que realmente é a gestão financeira. 

Segundo o Sebrae, quase 50% dos pequenos empresários do Brasil não sabem se tem lucro ou prejuízo, 20% das empresas que fecham as portas, encerram suas atividades por falta de capital e 7% fecham por falta de lucro. Isso mostra que grande parte dos empresários Brasileiros não sabe gerir e não faz controle de uma empresa.

Mas afinal, o que é, de fato, a Gestão Financeira?

Gestão financeira é a arte de avaliar, analisar, pensar, controlar, planejar e tomar decisões estratégicas dentro de uma empresa utilizando ferramentas financeiras e cálculos matemáticos. Além do mais é através da gestão financeira que você consegue visualizar tudo o que aconteceu em uma empresa em um determinado período. O controle de uma empresa quando transformado em números proporciona uma visão geral da mesma. Além do que, um controle feito de forma correta, diminui a probabilidade de acontecer erros e fraudes dentro de uma empresa, pois um controle eficiente fecha um ciclo financeiro, e se há alguma coisa de errado dentro da empresa é possível visualizar, pois tais números não farão sentido.

A gestão financeira é o mapa de uma empresa. 

Através da gestão financeira é possível entender os acertos e erros em todas as outras áreas de gestão, é possível entender como estão as vendas, se as pessoas estão trabalhando de maneira correta e eficiente, se a logística está boa, se a empresa tem um bom controle de estoque etc. Afinal, as finanças de uma empresa são a consequência de tudo o que ocorre dentro dela. Se uma empresa erra na hora de vender, isso irá causar um problema financeiro dentro da empresa. Se uma empresa acerta na hora de comprar, isso irá impactar o caixa da empresa positivamente. 

A falta de controle pode ser mortal para uma empresa. Segundo Paul Volcker, ex-presidente do conselho do Banco Central Americano, “algumas empresas com bons controles quebraram (por diversos motivos), porém nenhuma empresa sem controle teve sucesso ou sobreviveu”. 

Para que se faça uma boa gestão financeira, é preciso anotar tudo o que se gasta e tudo o que entra de dinheiro em uma empresa. Mas existe uma maneira correta de se fazer esse controle. É preciso fazer em um sistema ou em uma planilha do Excel. Cadernos, livros caixas e papéis dificultam o processo de se fazer controle. 

Na planilha ou no sistema, primeiro é preciso criar um plano de contas padronizado especificando todas as despesas e as possíveis entradas de dinheiro da empresa.

Ex de Plano de contas:

Água, Luz, Telefone, Salário, Fornecedores

O segundo passo é anotar tudo o que gastou e tudo que entrou de dinheiro no plano de contas sempre padronizando em qual conta do plano de contas essa movimentação será lançada. 

Na planilha ou no sistema também é preciso existir um campo de conferência de saldos bancários e de caixa. O terceiro passo é conferir se, na planilha ou no sistema, os valores dos saldos estão corretos.

Atualmente, a diferença entre uma empresa que cresce e uma empresa que encerra suas atividades pode estar em pequenos detalhes. E uma boa gestão financeira auxilia a entender esses pequenos detalhes. Os 3 passos acima são os pontapés do controle financeiro de uma empresa; sem eles não existe controle.

 

Material criado e fornecido por Lucas Coelho para o Diário do Palestrante da Base SA. 

controle financeiro lucas coelho

 


Diário do Palestrante foi criado para compartilhar com nossos leitores ideias, convicções, artigos e referencias que recebemos de palestrantes cadastrados na Base SA.

 

Quer ver seu material publicado no Diário do Palestrante? Venha fazer parte da Base!

Você também pode gostar dos seguintes conteúdos:

 

Compartilhe nas redes sociais!